06 março 2017

Como estimular o bebê a andar

Ver seu bebê dando os primeiros passos é muito emocionante! Mas requer paciência e tranquilidade para que a criança comece sem ansiedade e sem problemas.

É bom lembrar que cada criança tem o seu tempo. Não existe um tempo certo! Um ortopedista pediátrico uma vez me falou que crianças até 1 ano e meio que ainda não andam, pode ser considerado normal. Após essa idade, é bom levar num fisioterapeuta para uma avaliação, mas que geralmente com duas sessões já inicia os primeiros passos.

As vezes algumas crianças demoram a iniciar os primeiros passos por culpa dos próprios pais. Superproteção, não deixando a criança no chão ou não permitir que ela explore o ambiente, faz com que demore mais. Como a criança vai começar a andar se ficar somente no carrinho ou berço?

Se você fica apavorada com criança no chão, um acessório ótimo para bebês é o cercadinho. Além de permitir que a criança fique mais segura, ela consegue ficar em pé mais rápido e dar os primeiros passos, sem medo, segurando na barra do cercadinho.

Imagem Pinterest


Para estimular a criança a andar, você pode deixar um objeto um pouco distante e estimular que o pegue ou uma pessoa da família ficar de um lado e outra pessoa de outro, para a criança "andar" ao encontro de cada um.

Bebês amam ser segurados pelas mãos para ter segurança em dar passinhos. Segure as duas e depois, quando tiver mais segurança, use somente uma mão.

Quando já está conseguindo dar alguns passinhos, enrole uma toalha ou cachecol embaixo dos seus bracinhos para ajudar a dar os passinhos.

Não utilize andadores! Além de não estimular a criança a andar e poder provocar acidentes, os andadores fazem com que as crianças fiquem em pé com postura e pisada errada.

É muito importante que a criança fique tranquila. Não seja estimulada demais ou quando não aparenta ter vontade de andar. Não fique apavorada ou grite quando a criança cair ao andar. Essa fase as crianças levam muitos tombinhos e são eles que a ajuda a compreender como firmar o corpo. Se as pessoas ao redor demonstrar medo que a criança se machuque, ela também sentirá o medo.

Se ficou alguma dúvida, comenta aqui embaixo que terei o maior prazer em responder. Se não souber, prometo pesquisar e assim, a gente aprende junto

Nenhum comentário:

Postar um comentário