09 setembro 2016

Estimulando a fala dos bebês

Ver um bebê "conversando" é muito fofo! Fico um tempão olhando minha bebê tentando se comunicar. Agora, ela está com mania de apontar para algo e ficar balbuciando sílabas. Querendo conversar mesmo!

A Míriam, minha filha mais velha, com 10 meses já falava algumas palavras. A Cecília está com 11 meses e ainda não fala, mas a Míriam foi muito adiantada.

É até engraçado porque a Cecília só fala as sílabas "ba" e "pa". E acredita que está conversando!

Cada criança tem seu tempo para iniciar a fala. Tento estimular a Cecília, como fazia com a Míriam.




Em primeiro lugar sempre tento falar com calma de frente para ela. Para ela observar minha boca. Falando normal, sem voz infantilizada.

Tento estimular a fala sempre mostrando o que ela quer falando o nome. Ela já aponta para o que quer. Então, eu pego e falo: "Ah! Você quer tal coisa..." e ela repete: "babababababa" tentando repetir. Isso é importante porque se pego sempre o que ela aponta sem falar nada, ela não sentirá estimulada a falar, apenas apontar.

Parece óbvio, mas vale lembrar que brincar bastante e ter um ambiente tranquilo é saudável para o desenvolvimento do bebê em todos os aspectos.

E uma última dica é falar com clareza e de forma correta. Quando a Míriam iniciou a fala, muitos ficavam admirados como ela falava corretamente. Isso foi resultado da forma que falava com ela. Pensava que se eu falasse: "cê" ao invés de "você" ela falaria errado. Por isso me policiava e tentava falar o mais correto e sem gírias.

E você? Como estimula a fala do seu bebê?

Se ficou alguma dúvida, comenta aqui embaixo que terei o maior prazer em responder. Se não souber, prometo pesquisar e assim, a gente aprende junto.

* As dicas que dei são baseadas na minha experiência como mãe e educadora. Se você acredita que há algo errado ou demora na fala do seu filho procure ajuda especializada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário