19 agosto 2016

Desabafos: Dia da Gestante!

Essa semana teve o dia da gestante! Acho engraçado como tem dia para tudo, mas enfim... foi o dia da gestante!

Fiquei repensando nas minhas duas gravidez (contei no canal como foi), as sensações, as emoções, os hormônios...

Vemos por aí muitas pessoas testemunhando gravidez que são verdadeiros milagres. Para mim, toda gravidez é um milagre de Deus!

Nas duas gravidez ficava imaginando como era louco saber que tinha um "serzinho" crescendo dentro de mim e tinha a sensação de que por mais que pesquisasse, estudasse tudo sobre gravidez, nada explicava tudo o que estava sentindo.

Sentimos medo, ansiedade, alegria tudo ao mesmo tempo. Graças as alterações hormonais que nos deixam totalmente desestabilizadas emocionalmente e ao mesmo tempo todos dizendo que não podemos ficar bravas ou chorar porque o bebê sente (difícil viu!).

Por outro lado o nosso corpo vai modificando. Sim! O corpo todo! Na primeira vez isso me assustou! Por mais que para as pessoas pareça que só está crescendo a barriga, a impressão é que estamos crescendo para todos os lados. É incrível como perdemos a noção do espaço que ocupamos.




Aliás, o nosso corpo modifica não só por fora, mas por dentro também. Nas duas gravidez fiz vários exames antes de engravidar e estava tudo ótimo. Quando engravidei (nas duas vezes), meu organismo alterou todinho. Aumentou pressão, glicose, colesterol... ficava mal achando que era por estar acima do peso, mas a médica dizia que na verdade isso ocorre porque o nosso organismo reage a tanta transformação e isso ocorre em várias pessoas independente do peso.

Tem pessoas que dizem que se sentiu mãe quando soube que estava grávida, que foi a melhor época da vida... sinceramente não sei se tais relatos são verdadeiros mesmo. Para mim não ocorreu dessa forma. 

 A gravidez foi a experiência mais incrível que já passei, mas não me sentia mãe ainda, não me sentia plena, nem bonita. Não conseguia conversar com a barriga e nem chamar pelo nome da bebê (só quando nasceu e vi o rostinho delas) e isso, parecia "blasfêmia" para algumas pessoas.

Acredito que toda experiência vem de forma diferente para cada pessoa. Nenhuma gestante precisa se sentir culpada por não sentir o mesmo que outras. 

É um período que passa muito, muito rápido. Mesmo se não for tão "pleno", aproveite e tenha um feliz dia da gestante!

2 comentários:

  1. Adorei!! São uma família adorável e felicidades pela gravidez :D

    Salty Sugar
    http://saltysugar16.blogspot.pt/2016/08/agora-sou-veggie.html

    ResponderExcluir