04 julho 2016

Mãe de Segunda Viagem - Dicas baratas para o Chá de bebê

Depois do enxoval (que dei dicas nesse post), algo que fica marcante na gestação é o chá de bebê. É o momento de confraternizar com pessoas que gostamos a chegada do nosso bebê.

Porém, com tantos gastos durante a gravidez, muitas vezes não dá para fazer um chá de bebê que seja um mega evento como hoje em dia tem sido. Aliás, coisas simples estão virando eventos grandiosos. Como por exemplo, os mesversários! Tem gente que faz festas como festa de um ano! Acho exagero!

Voltando ao chá de bebê, acredito que seja um evento importante e prazeroso para fazermos com familiares e amigos, mas não tem necessidade de ser algo grande que gaste muito.

Nos meus dois chás optei por coisas simples e vou dar algumas dicas.

1- Convidados - Convide pessoas que realmente tem a ver com você e sua família. Não é igual casamento que chamamos a amiga, da amiga, da amiga da sogra que nunca vimos. É um momento para estarmos perto de pessoas queridas.

2- Convite - Convites feitos a mão são um charme, mas requer tempo, faça algo simples no computador mesmo e imprima somente para as pessoas que não tem tanto acesso a internet e pessoas bem próximas a você. Para os outros convidados, convide virtualmente.

Convite do chá da Míriam
Convite do chá da Cecília


3- Local da festa - Faça em local que não precise pagar. Pode ser na sua casa, casa de uma amiga, igreja, casa da sua mãe... a ideia é não gastar muito.

4- Decoração - No primeiro chá usei o tema de ovelhinhas (porque era o tema do quarto da Míriam), fiz com a ajuda da minha mãe todo enfeite manualmente mesmo. Usando feltro, papel de bala de coco para a grama, toalha descartável colorida e no centro da mesa, pirulitos de chocolate que uma amiga fez. Usei também ovelhinhas de pelúcia do quarto da Míriam. Colocar itens do bebê deixam um ar aconchegante, bonito e com menos gastos.




No da Cecília não fiz com nenhum tema, comprei alguns potinhos próprios de chá de bebê (bem baratinho) em uma loja de festa. 





Minha prima me ajudou com os enfeites e meu irmão, minha mãe e minha cunhada me ajudaram a montar tudo. É muito importante pedir ajuda. Principalmente nesse período que está passando, não conseguirá fazer tudo sozinha.

5- Lembrancinhas - No chá da Míriam uma amiga deu de presente os pirulitos de chocolate e isso ficou como lembrancinha. No da Cecília, demos um lápis personalizado. Fica super barato! É só comprar uma caixa de lápis nessas lojas que vendem material didático no atacado e na internet mesmo você consegue o modelo para colar no lápis.

Coloque no Google: "adesivo para lápis para imprimir" e aparecem vários modelos. É só escolher, escrever o nome do bebê e a data e imprimir em folha adesiva.

6- Cardápio - Nos dois chás levei ao pé da letra e fiz um chá da tarde mesmo. Com chás, cafés, sucos, leite, biscoitos, bolos, pães, frios, patês, requeijão, margarina... fica diferente, todo mundo gosta e fica bem mais barato. No da Cecília gastei mais ou menos R$100 com os alimentos.


Gostaram das dicas? Tem mais alguma? Conta nos comentários.

Se ficou alguma dúvida, comenta aqui embaixo que terei o maior prazer em responder. Se não souber, prometo pesquisar e assim, a gente aprende junto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário