18 abril 2016

Desabafos: Cuidar do bebê ou trabalhar fora? O que fazer?

O tempo passa, o tempo muda.... 

Um tempo atrás se você tivesse filho e fosse trabalhar fora, era criticada.

Hoje com a necessidade de aumentar o orçamento, se você fica com o bebê em casa também é criticada.

Aliás, acho que quando a gente vira mãe, viramos alvos também de críticas. É incrível como sempre tem alguém para criticar, "opinar" nossa postura como mãe.

Quando estava grávida, comentei com uma pessoa que no primeiro ano da bebê não trabalharia fora de casa. A pessoa me perguntou: "Ué? Vai viver às custas do seu marido?"

Fiquei intrigada com essa pergunta. Como assim? Quando estamos casadas vivemos em família. Penso eu que o que é de um é de outro. Senão seríamos colegas que dividem a casa. Não um casal! Entendem?



Mas isso martelou na minha cabeça durante um bom tempo. Por que você se dedicar a maternidade é errado e incomoda os outros?

Sinceramente não sou o tipo caseira, que gosta de dedicar-se a casa. Gosto de trabalhar fora, ver gente, conhecer pessoas novas... mas se uma mulher gosta e pode dedicar-se exclusivamente da casa, filhos e marido.... qual o problema?

A vida são feitas de escolhas. Podemos fazer escolhas erradas, mas claro, querendo acertar. Por isso te digo, faça não baseada no que vão pensar de você. Faça o que acredita que é o melhor para você e sua família. Porque assim, com o passar dos anos não venha o arrependimento!

Viva cada momento! Aproveita o tempo que seus filhos são pequenos. O tempo voa! Depois você terá tempo para curtir, trabalhar... são fases! E acredite: pode ser cansativo hoje, mas sei que sentirá falta.


2 comentários:

  1. Amei o post Lu. As pessoas precisam respeitar mais essa escolha de se dedicar a família e dar valor a isso também, afinal é um serviço difícil cuidar da casa, marido e imagino que o cuidado dos filhos dificulta mais ainda. Eu pretendo me dedicar a cada fase dos meus filhos integralmente o quanto de tempo eu puder. Eu por exemplo sentia falta da minha mãe em alguns momentos da minha vida, não a culpo, porem quero fazer diferente pelos meus filhos. Parabéns pelos posts, estou amando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBrigada, Pri. Sua opinião é muito importante.

      Excluir